Artigos

Data de publicação

PROJETO DE EXTENSÃO
VEM DANÇAR COM A GENTE

Este ano iniciamos o projeto de extensão "Vem dançar com a gente" no Centro Pedagógico.
 
Ele faz parte do Programa "Práticas Corporais e Educação" do Núcleo de Educação Física. Com as atividades presenciais suspensas, estamos organizando aulas através de vídeos que serão disponibilizados nas redes sociais.
 
A bolsista do projeto, aluna do curso de Dança, Maria Laura Menezes, está produzindo os vídeos sob orientação dos coordenadores: professora Amanda Freitas e professor Tulio Campos. Fiquem atentos, pois toda quinta-feira teremos Dança em casa!!!
 
Hoje vamos dançar a música É D'Oxum" de Vevé Calazans interpretada por Caraivana.
 
Coreografia criada inspirada por movimentos das danças dos Afoxés e Danças para Oxum.
 
Vem dançar com a gente!!! Dance em casa! #extensãoremotaufmg
 

 
Hoje é dia de dança!!! DANCE EM CASA!!!
 
Toda quinta-feira postamos mais uma aula do nosso projeto de extensão 'Vem dançar com a gente'!!! Fique ligado!!! 
 
Nesta segunda aula começamos aquecendo com a música do Sergio Pererê, "Costura da vida". Depois, montamos a coreografia com a música "Anjo avesso" de Alceu Valença.
 
A coreografia criada pela bolsista Maria Laura Menezes foi inspirada no Frevo, ritmo de Pernambuco, e em vivências diversas nas danças populares brasileiras.
 
Vem dançar com a gente!!!
 


 

Hoje é quinta-feira!!! Oba!!! Tem aula nova do nosso projeto!!!
 
A nossa terceira aula do projeto Vem Dançar com a gente é uma coreografia da bolsista Maria Laura montada na música "Onde qué" do grupo mineiro Tambolelé, a dança foi feita inspirada nos Reinos e Guardas de Nossa Senhora do Rosário de Minas Gerais, em danças e Mestres que também compõem parte da Dança Afro em Belo Horizonte e  Minas.

O aquecimento é com um Carimbó de Dona Onete, do Pará!

Vem Dançar com a Gente!!!
#extensaoremotaufmg
 

Estão lembrando que hoje é dia de Dança? Uhuulllll!!!! Tem Maracatu!!!
 
A nossa quarta videoaula do projeto "Vem Dançar com a Gente", traz uma coreografia inspirada nos Maracatus de Pernambuco, nas Nações e nos grupos que fazem suas releituras em palcos e ruas. A coreografia de Maria Laura Menezes foi montada na música " Nossos Tambores- Água Fria" do grupo Ponto Br, grupo formado por vários Mestres da Cultura Popular Brasileira e nordestina.
 
O nosso aquecimento é com o som de um grupo super especial, de Belo Horizonte, o Babadan Banda de Rua, que tem como princípio o combate ao preconceito racial!
 
Vem Dançar com a Gente!!!
#extensaoremotaufmg
 

 
Hoje é quinta-feira, dia de aula do projeto 'Vem Dançar com a Gente'!
 
Começamos o mês de junho com muita animação! Nossa quinta aula traz uma coreografia criada por Maria Laura Menezes, inspirada no Carimbó - dança e ritmo do Pará. A dança é feita com a música Carimbó, do cantor e compositor Alex Rodrigues Bocão. O nosso aquecimento é com a música Cobra Coral, do CD Pandeiro do Mestre, Coco de Toré.
 
Vem Dançar com a Gente!!! 
#extensaoremotaufmg
 

 
Oi pessoal! Nosso projeto já entrou no clima das Festas Juninas! Ontem tivemos nossa live para as crianças e suas famílias e foi uma experiência maravilhosa!!! Agradecemos a todos que participaram!
 
Hoje, nossa sexta videoaula traz a coreografia realizada na live para vocês dançarem muitas vezes! É uma aula especial para dançar com toda a família, principalmente com a criançada!!!
 
A coreografia criada por Maria Laura Menezes é com a música "Planta Bambolê" do grupo 'Palavra Cantada' e foi inspirada no Xote e em elementos das danças do Nordeste Brasileiro. Nosso aquecimento foi com o "Forró das Meninas" do Naná Vasconcelos!
 
Vem Dançar com a Gente Sô!!! 
#extensaoremotaufmg
 

 
Nossa sétima videoaula do projeto "Vem Dançar com a gente" traz uma coreografia criada por Maria Laura Menezes, inspirada no Baião, nos ritmos nordestinos, juninos e suas interpretações contemporâneas.
 
A dança é feita na música Asa Branca, do Rei do Baião Luiz Gonzaga, e o aquecimento com o Afoxé Pernambucano Afoxé Oyá Alaxé.
 
Vamos dançar no ritmo das Festas Juninas!!!
 
Viva a cultura popular!!!
 

 

Nossa oitava aula do projeto "Vem dançar com a Gente" propõem uma brincadeira dançante para toda a família!

A professora bolsista Maria Laura Menezes traz uma proposta de construção com material reciclado para brincar de Boi, e com a participação especial do seu filho, Kawa Encina.

Construir, dançar e brincar inspirados nessa manifestação, que é uma expressão da Cultura Popular Brasileira existente em todos os estados do Brasil!

Vamos construir nosso próprio Boi?!

Vamos ter o acompanhamento de três músicas, a primeira é do Boi de Maracanã, "A benção mamãe querida", do Maranhão, cantada por Humberto, a segunda música é do Boi Garantido, "Garantido em Festa", do Amazonas, e por último uma música escrita por Pedro Pessoa e cantada pelo grupo Humaitá Cultura de Belo Horizonte!

Vem brincar e dançar com a gente!!

#extensaoremotaufmg


Seguimos no ritmo dos Bois em nossa nona aula do projeto 'Vem Dançar com a Gente' do Centro Pedagógico! 

A professora bolsista Maria Laura e a coordenadora Amanda Fonseca construíram essa coreografia inspiradas nas danças e festividades do Boi na cidade de Parintins e no Festival de Parintins, do estado do Amazonas.

A dança é feita na música do Boi Caprichoso, "Canto da Mata II", uma toada de 1998. Aquecemos com uma música que homenageia os Bois da região do Amazonas "Caprichoso e Garantido" do Carlos Kater.

Vem Dançar o Boi com a gente!!! 
#extensaoremotaufmg

 



Pessoal, hoje é quinta-feira e tem aula nova em nosso canal!!!

Em nossa décima aula do Projeto "Vem Dançar com a Gente" do Centro Pedagógico da UFMG, a professora bolsista Maria Laura Menezes traz uma coreografia inspirada no Coco, uma dança de roda e ritmo, de influências indígenas e africanas, presente em todo nordeste brasileiro. 

Dançamos a música "Cobra Coral", do CD Pandeiro do Mestre, do Coco de Toré. 

Mas antes aquecemos o corpo com a música do grupo mineiro Iconili, "O Rei Tupanga''. 
 #extensaoremotaufmg


Pessoal, hoje nossa aula tá arretada!!!

A professora bolsista Maria Laura traz uma coreografia inspirada no Xaxado, dança tradicional do Sertão brasileiro, dança dos Cangaceiros, que para celebrar suas vitórias dançavam, muitas das vezes sem instrumentos para acompanhar, fazendo sons batendo as armas no chão. Coreografia construída em cima da música "Carcará", do João do Vale, interpretada pelo Otto.

Para aquecer vamos com a música "Chegança" do Antônio Nóbrega.

Vem dançar com a gente!

#extensaoremotaufmg


 
A diversidade cultural de Minas Gerais é uma das nossas maiores riquezas!
 
Com orgulho de sermos mineir@s, a aula dessa semana traz uma coreografia inspirada na Dança do Catopê feito em Minas Gerais e em interpretações feitas por grupos Folclóricos.
 
A professora bolsista Maria Laura Menezes construiu a coreografia na música "Catopê" do Celso Adolfo.
O aquecimento foi feito na música "Cabocla Jurema" da Juçara Maçal.
 
Vem Dançar com a Gente Uai!!!
 

Quem aí tá com saudade de dançar um forró?
 
Na nossa última aula do mês de julho chegamos cheios de saudades com uma coreografia arrasta pé, inspirada nos Forrós, que nasceram no nordeste e ganharam grande parte do Brasil, com suas vertentes e estilos próprios!
 
Vamos dançar na música "Saudades do cê" , cantada pela Lucy Alves.
 
Mas primeiro aquecemos o corpo com uma grande cantora e artista mineira, Tamara Frankiln, com a música "Tipicamente brasileiro".
 
Vem forrozear com a gente!
 #extensaoremotaufmg
 


Esse mês será "A Gosto do Samba"!!! 

Durante todo o mês de agosto nos dedicaremos ao Samba e suas diferentes manifestações em nosso país!

Existem vários tipos de Samba no Brasil: Chula, duro, samba de caboclo, de terreiro, de roda, samba enredo, samba de mesa e muitos outros. Compreendendo toda essa diversidade, nos inspiramos em alguns tipos de Samba que são tradicionalmente feitos em roda para essa primeira aula. A professora bolsista Maria Laura Menezes criou uma coreografia inspirada nos diversos tipos de Sambas de Roda, na música "Lição de vida" das Ganhadeiras de Itapuã.

Inicialmente, aquecemos o corpo com o Jongo da Serrinha do Rio de Janeiro, com a música Axé de Iangá! 

 Vem sambar com a gente!! 

Referências: ( lembrando que muito das referências são de trabalho de campo, entrevistas, oficinas e workshop com referências e Mestras e Mestres da Cultura)
- "Dança popular: Espetáculo e devoção", Mariana Monteiro 
-"Reflexos da nomeação do Samba de roda como Obra-Prima da Humanidade pela UNESCO sobre a cultura do Recôncavo Baiano" de Niva Graef. Alguns links de vídeos disponíveis para quem quiser saber mais:
-Samba de Roda do Recôncavo baiano:


- Samba de Roda com D. Nalvinha da Fundação Mestre Bimba:  https://www.facebook.com/watch/?v=133603314001462  
- Samba Chula :

-Samba Enredo:

-Samba de mesa:

 #extensaoremotaufmg


 

A Gosto do Samba!!!

Nossa segunda aula do mês de Agosto sobre Samba vem trazendo uma coreografia inspirada no Samba Afro, o Samba dos Blocos Afro, que surgiram em Salvador/Bahia, com o intuito de valorizar a arte, a beleza e a cultura afro e afro-brasileira.

O primeiro bloco Afro foi fundado em 1974, o Ilê Aiyê, e desde então vários outros surgiram na Bahia e em todo o Brasil.

Nossa dança foi coreografada na música do Malê Debalê, um bloco fundado em 1979 por um grupo de moradores do bairro Itapuã em Salvador. Vamos antes aquecer com um grupo  Belorizontino, de choro: "Raiz de Jiló" que interpreta uma música do Jacob do Bandolim, "Santa Morena".

 Vem Sambar com a Gente!!! 

Links referências de blocos afro e suas musas negras: 
-Deusa do Ebano, 40 anos do Ilê Aiê:


-Malê Debalê no Carnaval da Bahia 2012:

-Ilê Aiyê - Que bloco é esse?

- Ilê vivo - live:

#extensaoremotaufmg


 


Seguimos "A Gosto do Samba" com mais uma aula maravilhosa!

Nossa terceira aula do mês traz um pouquinho do Samba Enredo.

O Samba Enredo é uma modalidade do Samba composta especialmente para os desfiles de Escolas de Samba durante o Carnaval, surgiu na década de 50 na cidade do Rio de Janeiro.

Existem muitas controvérsias, mas dizem que o primeiro Samba Enredo foi da Unidos da Tijuca, para o desfile de 1933. Desde então temos muitas Escolas e muitos Sambas, que em cada Carnaval, diversificam seu tema encantando o país e o mundo com suas cores, danças, alegorias, baterias e claro, com as Rainhas de bateria.

A coreografia dessa semana é o Samba Enredo da Salgueiro, em 1993, e a dança foi inspirada em passos feitos pelas Escolas de Samba nas avenidas.

Aquecemos com o grupo carioca "El efecto" com a música " Carlos e Tereza".
 
 
Referências de Samba Enredo: 
Salgueiro Carlinhos da Salgueiro:


Viviane Araujo da Salgueiro:

Evelyin Bastos Mangueira:

Academicos de Venda Nova BH:
 

Vem Sambar com a gente!! 
#extensaoremotaufmg


 

A gosto do Samba" está chegando ao fim... Mas, não fique triste! Você pode rever todas as aulas postadas, quantas vezes quiser!!!

Nesta última aula especial de Samba do mês de Agosto vamos nos inspirar no que chamamos de "Samba de mesa", aqueles Sambas que surgem no contexto dos bares, restaurantes; em bairros, principalmente de porto, onde pessoas de diversos locais e culturas se reuniam ao redor da mesa, para tocar, dançar e se divertir. Esse Samba tem muitas misturas de ritmos, e muita influência principalmente afro e africana.

A coreografia de Maria Laura Menezes foi criada assim, inspirada em diversos estilos de samba, ritmos afro e cheio do jeitinho brasileiro. A música é "Levanta, Povo!" do grupo carioca composto por mulheres, 'Samba que elas Querem'. E o nosso aquecimento vai com uma mulher mineira, Maíra Baldaia.

Vem sambar com a Gente!!!
#extensaoremotaufmg


 

Durante todo o mês de Setembro vamos nos inspirar em algumas danças do Sul e do Centro-Oeste do Brasil para nossas coreografias!

Será o nosso "Setembro Tchê!!!"

Começamos com o Fandango, uma dança tradicional da região sul de São Paulo, Paraná, e presente também em partes do Rio Grande do Sul.

É uma dança de origem Espanhola e Portuguesa, dançada em pares, muito acompanhada de sapateados e palmas.
Montamos nossa coreografia na música do Mestre Aorelio Domingues , “Chico”.

Antes damos uma aquecida no corpo com a música "Afrormigueiro" do Bloco Afro Magia Negra, de Minas gerais, um bloco que tem como princípio o combate ao racismo.

Vem dançar com a Gente!!!
#extensaoremotaufmg

Links de referências da Dança Fandango: 
-Documentário Fandango, Dança tradicional do Paraná: 
 
-Fandango Caiçara: 
 
-Grupo Mandicuera: 
 


 

Nossa segunda aula de 'Setembro Tchê' traz uma coreografia inspirada nas diversas danças Gaúchas, como o Anú, Balaio, Tatu, que são danças de sapateados.
 
Também nos inspiramos em danças sem o sapateado, como o Pau de fitas, Rancheira e Maçanico.
 
O estado do Rio Grande do Sul é grande e diverso, tentamos trazer um pouquinho desse estilo em nossa coreografia.
 
A música que dançamos é do artista Gaúcho Cenair Maicá, "Canto dos Livres". E o aquecimento foi com a música "Boléia" do grupo belorizontino Caldêra.
 
Vem dançar com a gente!!!
 
#extensaoremotaufmg
 
Links de referências sobre danças Gaúchas: 
-Raízes do Sul:

-Final campeonato sapateado Chula, 2017:

-Rodeio do CTG M'Bororé , Pau de Fitas:
 


 

Nossa terceira aula do mês de Setembro se inspira na Catira, Dança do Centro Oeste brasileiro!

A catira é uma dança que surgiu com os boiadeiros. A dança se caracteriza como uma junção de sapateados e palmas, que compõem um jogo de troca de lugares e muita diversão.

Nessa aula, fizemos uma coreografia voltada para as crianças, mas que permite que toda a família entre na dança!!! E temos uma participação especial: a professora Maria Laura convidou seu filho Kawa para dançar e brincar com a gente!

A música dessa semana é a "Catira do Passarinho", cantada pelo grupo Passarinhando.

Aquecemos antes com a Ana Cristina, CD Aquáticos, com a música "Quem salgou a água do mar?".

Vem dançar e brincar com a gente!!!
#extensaoremotaufmg

Para saber mais, seguem algumas referências: 
-Grupo Catira Tradição: 
 
-Grupo Sarandeiros: 
 
-Catira dos Passarinhos, Grupo Passarinhada:
 
 


 

 

O nosso Setembro Tchê está chegando ao fim... Mas, você pode rever todas as nossas aulas quantas vezes quiser! 

Esta última aula de setembro traz duas coreografias inspiradas no Siriri, dança característica das regiões de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, regiões ribeirinhas e pantaneiras, que hoje estão queimando e clamam pela atenção especial do país.

Agradecemos a Carol Cavalcante pela ajuda nas coreografias e pelo compartilhamento dos conhecimentos sobre essa manifestação da dança e sua tradição.

A primeira coreografia foi feita na música Nandaia e a segunda coreografia na música Quebrando Milho, ambas do grupo Flor Ribeirinha.

O aquecimento foi com uma música da multiartista brasiliense, Nãnan Matos.

Vem dançar com a gente!!! 
#extensaoremotaufmg 
#vemdançarcomagente 
#salveopantanal

Para saber mais, seguem links:
- Dona Domingas Flor Ribeirinha: https://youtu.be/bMu7UVPFVj0- 
- Aula Sarandeiros com Carol Cavalcante: https://www.instagram.com/tv/CDPpNuWnF4Z/?igshid=1vxh60skfoxo9
- Mestre Agripino Magalhães: https://youtu.be/wbaAyvsFKVA 


 

Durante os meses de outubro e novembro, nosso projeto irá se dedicar à nossa ancestralidade africana, trazendo coreografias inspiradas nas diversas manifestações afro e afro-brasileiras. 

Neste mês de outubro iremos nos inspirar nas simbologias e corporalidades dos Orixás para construir nossas coreografias, será o nosso “Outubro Aiyê”( Aiyê é uma palavra da língua Iorubá que significa Terra ou o mundo físico, paralelo ao Orun, mundo espiritual).  

Esta primeira aula é inspirada em Exú, o Orixá que abre os caminhos, responsável por dar início as coisas, é aquele que come antes de todos, e através dele, se pode falar e consultar os demais Orixás.

Para entrar mais no clima, gravamos nossa aula no terreiro/quintal da professora bolsista Maria Laura Menezes, que montou as coreografias deste mês através de pesquisas que desenvolve a alguns anos junto a Mestres(as) da dança, além da troca de saberes com Terreiros de Candomblé e Umbanda e seus Mestres e Guardiões dos conhecimentos e segredos ancestrais.
Nossa dança foi feita na música da cantora Alessandra Leão, "Exú Chega / Exú Guerreiro".
Mas antes aquecemos o corpo com o coletivo Imuni, de Bh, com seu som " Me deixa dançar".  

Vem dançar com a gente!!! 

#extensaoremotaufmg 

#vemdancarcomagente

Links de referência: 

-Documentário : "Dança das cabaças - Exú no Brasil"

-Bale Folclorico da Bahia : "Corte de Exú":



 

 

Continuamos nosso 'Outubro Aiyê', inspirados nos movimentos dos Orixás!

A nossa segunda aula do mês traz um pouco da força das águas, das Yabás (nome dado às Orixás femininas), Iemanjá e Oxum. Iemanjá e Oxum são duas Orixás bem populares no Brasil. Iemanjá é a mãe das mães, a Rainha do Mar e Oxum, a Rainha da beleza, dos encantos, das águas doces.

 professora bolsista Maria Laura montou a coreografia dessa semana inspirada por essas duas Yabás e pela força da natureza que tanto nutre e alimenta: a própria água!

Dançamos na música do artista mineiro Raphael Sales "Águas", mas antes aquecemos o corpo na batida gostosa da MC Tha, com a música "Rito de Passá".

Vem dançar com a gente!!!

#extensaoremotaufmg
#vemdancarcomagente

Referências ( Vídeos ilustrativos sobre a representação da força das Orixás): -"Minidoc. Festa Yemanjá 2018":


 

Chegamos em nossa terceira aula do Outubro Aiyê com a força dos ventos!

Nesta aula vamos aprender uma coreografia inspirada nos movimentos de Oyá, ou Iansã, a Orixá dos Ventos!  
Oyá é uma Orixá guerreira, que simboliza também a energia das Yabás, a força das mulheres!

Montamos nossa sequência de movimentos na música "Oyá ó mulher forte", do Afoxé Oyá Alaxé, de Pernambuco.
Mas antes aquecemos o corpo com o grupo belorizontino, Marimbando, na música 'Algoritmo'.

Vem dançar com a gente!!!

#extensaoremotaufmg
#vemdancarcomagente

Referências para quem quiser saber mais:
-Afoxé Oyá Alaxé:


-Rum de Iansã:

-Documentário "A filha do Terreiro":


 

Na nossa quarta aula do mês "Outubro Aiyê", onde estamos nos inspirando nas movimentações e simbologias dos Orixás, trazemos um pouco da força das matas, da energia masculina, do cavaleiro de Aruanda, Oxóssi.
A professora bolsista Maria Laura montou a coreografia na música "Cavaleiro de Aruanda" em uma versão do DJ Zé Pedro.
Mas antes aquecemos o corpo com a música de um grande artista mineiro que está ganhando o mundo, Djonga, que na sua música "De Lá" traz a força de outro grande guerreiro, Ogum.
 
Vem dançar com a gente!!!
#extensaoremotaufmg
#vemdancarcomagente
 
Referências:
-Um quê de negritude ( trecho espetáculo):
-Mãe Regina de Oxóssi falando sobre Oxossi:
 

    rodape